Memória Audiovisual da cidade se perde no tempo.

A memória audiovisual da cidade de Piripiri, sua fatos e uma parte de sua história tem se perdido com o passar dos anos. Apenas poucos cidadãos possuem hoje o que restou da memória visual em fotografias e áudio, da história de nossa terra, visto que as autoridades em repetidas gestões, não se preocuparam com o trabalho de manter viva a história.

Muitos de nossos filhos, netos e as gerações atuais nunca ouviram falar sobre o caso Gonçala, a crença da santa na localidade Furnas, entre outras histórias que fazem parte da história de Piripiri. Cada vez mais esses fatos e mitos se perdem nas memória e no tempo, não sendo preservados e deixando a cidade sem memória.

Ainda se pode agradecer a alguns poucos amantes da história que preservam fotos, fitas cassete e alguns livros que não nos deixam esquecer que nossa cidade teve passado.

Por Reinaldo Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Não copie nosso conteúdo. Utilize um de nosso botões de link e ajude a divulgar a 97.