De ‘Bella ciao’ a ‘Só quer vrau’: como hino antifascista italiano foi de ‘La casa de papel’ a funk em 1º lugar no Brasil

“Só quer vrau”, paródia funk da música italiana “Bella ciao”, chegou neste domingo (29) ao primeiro lugar do serviço de streaming Spotify no Brasil.

Veja como o hino contra o fascismo italiano virou, no Brasil, uma ode às “malandras assanhadinhas”:

* “Bella Ciao” era uma canção popular entre trabalhadores italianos, adaptada como hino da resistência contra o nazismo e o fascismo de Hitler e Mussolini. A autoria é desconhecida.
*Depois da 2ª Guerra Mundial, a música virou marca dos de cerimônias que até hoje celebram o fim da ocupação nazista e de manifestações de comunistas na Itália.
*A canção se espalhou e foi também adotada por protestos de esquerda na Europa e em outros países.
*A faixa entrou em cenas marcantes da série espanhola “La casa de papel”, que mostra um grande assalto à Casa da Moeda da Espanha.
* Por causa do sucesso da série no Brasil, o funkeiro MC MM lançou sua paródia funk.

MM é alcunha de Márcio Rezende de Lellis. O cantor veio de Jaçanã, Zona Norte de SP.

Sua versão troca a letra de protesto por termos sexuais.

Ouça AQUI a paródia brasileira “Só quer vrau”.

“Só quer vrau” desbancou do 1º lugar no Spotify no Brasil o funk romântico “Amor de verdade”, de MC Kekel e MC Rita, que estava na liderança nos últimos dias.

No YouTube, a música mais tocada no Brasil nos últimos dias ainda é “Amor de verdade”. As duas músicas foram produzidas pelo DJ RD, Rodolfo Marcial, carioca radicado em SP.           G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Não copie nosso conteúdo. Utilize um de nosso botões de link e ajude a divulgar a 97.